sábado, 12 de março de 2016

Michel Temer: "resgatar os valores da república"

Quais são os valores da república brasileira Senhor Vice Presidente?

Nascida espúria e bastarda do amancebamento entre militares golpistas com escravagistas descontentes com a abolição da escravatura, a nossa república veio ao mundo coberta de desonra e vilania. Com Floriano Peixoto até teve certo pendor nacionalista, porém abandonado quando dominada pelas aristocracias de São Paulo e de Minas Gerais. Os ancestrais políticos de Geraldo Alckmin, Aécio Neves, José Serra, Antonio Anastasia e aliados mantiveram-se décadas no poder utilizando o voto de cabresto nas eleições a bico de pena. Governos da elite e para a elite. 
O Brasil entrou no século XX apenas quando a corja do café com leite foi posta para correr em 1930. Por isto Getúlio Vargas até hoje é odiado, mesmo sessenta anos após a sua morte, pelos herdeiros do elitismo preconceituoso e do antipatriotismo que o mataram. As manifestações de treze de março serão comandadas pelos sucessores dos seus assassinos. A corrupção do governo federal é apenas desculpa, caso contrário as passeatas não estariam coalhadas de corruptos e corruptores. Se falarmos de sonegadores então... Sonham com o retorno à velha república. Quando a questão social era caso de polícia e o aparelho estatal voltado apenas para os donos da riqueza e do poder. O futuro que querem é a volta ao passado.
Valores republicanos a serem resgatados Sr. Michel Temer? Aqui eles não existem. Qual pode ser agregado ao país por Geddel Vieira Lima, Eliseu Padilha, José Sarney, Moreira Franco, Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Marta Suplicy e Vossa Excelência? Jamais surgirão se dependerem de indivíduos como vocês. Ordinários e medíocres nada criam, o que dizer então dos que não atingem sequer estes patamares e se preocupam apenas com os próprios interesses?
A convenção do PMDB é uma assembleia de ratos procurando um atalho para abandonarem o navio que pode afundar, após furarem o seu casco ao longo dos anos.