domingo, 24 de março de 2013

O aquecimento global e a arqueologia

Túnica em lã datada de aproximadamente 300 DC


Vários objetos do período romano e da alta idade média foram encontrados na Noruega. O principal motivo foi o encolhimento das geleiras.

Uma túnica datada do ano 300 da nossa era, em excelente estado de conservação, foi até o momento o principal artefato recuperado. Justamente da época final do chamado período quente romano.

Por quê será que isto está ocorrendo? Conhecendo a extensão do gelo, a atual temperatura da região e observando o gráfico paleoclimatológico do litoral da Groenlândia, também lá no Atlântico Norte, qual será o motivo para a conservação desses objetos?

Eles habitavam em meio as geleiras ou a região na época era muito mais amistosa para com o homem? Sabendo que a temperatura encontrada para o litoral da Groenlândia era superior a atual. Que tal pensar um pouco. O gelo conservou os artefatos de quem vivia rodeado por ele ou os encobriu após terem sido abandonados?

Levantamento paleoclimatológico do litoral da Groenlândia